Campanha da Fraternidade é apresentada na Câmara Municipal de Teresina

Para a proponente da Sessão Solene, vereadora Cida, o principal objetivo da Campanha é a participação da população em torno dos temas que são apresentados todos


Sessão Solene

Sessão Solene Foto: Ascom

A Câmara Municipal de Teresina através da vereadora Cida Santiago (PSD) e da Arquidiocese de Teresina fez na manhã desta quarta-feira (27), a apresentação da Campanha da Fraternidade de 2019 que tem como tema "Fraternidade e Políticas Públicas" e lema "Serás libertado pelo direito e pela justiça".

O sentido da temática foi abordado pelo coordenador da Campanha na Arquidiocese, padre Leonildo Campelo. "A Campanha da Fraternidade sempre busca o bem comum para todos. Os representantes da população seja no legislativo, executivo e judiciário juntamente com a Igreja, deve está promovendo políticas públicas que favoreça a dignidade dos cristãos. A cada ano é lançado um tema para que seja feita a reflexão mais intensificada durante a quaresma", explicou padre Leonildo.

Para a proponente da Sessão Solene, vereadora Cida, o principal objetivo da Campanha é a participação da população em torno dos temas que são apresentados todos os anos. "A Campanha tem um objetivo de discutir e debater para fazer com que a sociedade possa conhecer a importância das políticas públicas e com elas terem mais acesso ao direito e a justiça", justificou a parlamentar.

Ainda na Sessão a vereadora falou que nos próximos dias será realizada uma Audiência Pública como forma de debater com mais amplitude a efetivação das Políticas Públicas em Teresina e que para o debate serão convidados gestores do município, conselhos e organizações.

Participaram da Sessão Solene, os subscreventes vereadores Edilberto Borges (DUDU-PT) e Joaquim do Arroz (PRP) e ainda representando o governo do estado, o presidente da EMGERPI, Décio Solano, a prefeitura de Teresina, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Charles Silveira, deputado estadual Georgiano Neto (PSD), o coordenador da Comunidade Católica Shalom, Filipe Diniz, além de leigos e leigas da Igreja Católica.

Fonte: Ascom

Próxima notícia

Dê sua opinião: