ELEIÇÕES

Antônio José Medeiros retira pré-candidatura em União "por motivo de saúde"

Petista histórico havia anunciado sua pré-candidatura ainda em fevereiro, antes da pandemia


Antônio José Medeiros empunha microfone durante ato Lula Livre no Piauí

Antônio José Medeiros empunha microfone durante ato Lula Livre no Piauí Foto: Reprodução/Facebook

Antônio José Medeiros, petista histórico, retirou sua pré-candidatura à prefeitura de União nesta quinta-feira (06) após uma série de movimentações para agregar lideranças em sua corrida eleitoral, que teve início em fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus. O político colocou 'motivo de saúde' como justificativa para se retirar do pleito.

"Companheir@s por motivo de saúde comunico a minha desistência da pré-candidatura a prefeito de União. Hoje (6), à noite, o Diretório Municipal e os pré-candidatos a vereadores se reunirão para definir o nome do substituto. Agradeço o apoio de tod@s. Em breve divulgarei uma Nota Pública sobre o assunto.
AJM".

Antônio José Medeiros passou uma semana internado em tratamento contra a Covid-19 há dois meses. Sua esposa, Hercília Amorim, também adoeceu e esteve internada com o marido à época.

SUBSTITUTO

As negociações envolvendo o substituto de Antônio José envolvem o nome de Leonardo Fialho, que dirige o PT municipal de União e é sobrinho da vice-governadora Regina Sousa.

SOBRE AJM

Como fundador do PT no Piauí, Antônio José Medeiros foi o primeiro vereador eleito pelo partido na capital em 1989. Sociólogo por formação, o petista também se elegeu deputado estadual e deputado federal. Como Secretário estadual de Educação foi responsável pela expansão do Ensino Médio e da Educação para Jovens e Adultos (EJA) em todo o estado e mais recentemente foi nomeado presidente da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (CEPRO).

Próxima notícia

Dê sua opinião: