'Não sou pombo-correio para andar com tornozeleira' afirma Lula

Ex-presidente teria avisado a seus advogados, nesta segunda-feira (25), que não tem interesse em pena alternativa


Lula

Lula Foto: PT no Senado

Preso desde o dia 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos seus advogados, nesta segunda-feira (25), que não tem interesse em pena alternativa.O recado foi passado em meio ao pedido de liberdade, feito pela defesa do petista, no Supremo Tribunal Federal (STF), para que ele possa aguardar em liberdade o julgamento de mais um recurso contra a condenação na Operação Lava Jato.

Lula cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o ex-presidente afirmou que não é “pombo-correio para andar com tornozeleira”.

No recurso impetrado no STF, os advogados dizem que “o dano concreto que se objetiva cessar é dirigido à liberdade do agravante, custodiado na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba há 80 dias, mesmo a liberdade sendo bem jurídico de primeira importância em qualquer Estado Democrático de Direito”, sustentam os advogados do petista.

Fonte: Notícias ao Minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: