Guru de Bolsonaro critica conchavo de Mourão com o PT do Piauí

Olavo de Carvalho chamou o vice-presidente de jumento sem carga


Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho Foto: Poder360/Reprodução/Youtube

Olavo de Carvalho,  o "guru" do presidente Jair Bolsonaro (PSL), chamou  de "jumento" o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, no Facebook. O escritor criticou a visita do vice ao Piauí, onde recebeu a cidadania na Assembleia Legislativa, na sexta-feira (26).

"Quando o Ciro Gomes disse que o Mourão, na sua ânsia de tomar o lugar do Bolsonaro, estava em conchavo com os petistas, até eu achei que era exagero. Mas vejam o que aconteceu no Piauí -- um Estado com governador petista e uma Assembléia Legislativa dominada inteiramente por petistas badala o hominho na Maçonaria local, dá-lhe um título de Cidadão Piauiense e ostenta cartazes anti-Olavo", disse, referindo-se à faixa exibida pelo deputado estadual Henrique Pires (MDB), mandando Olavo de Carvalho calar a boca.

As farpas do escritor também respingaram no ex-governador do Ceará, Ciro Gomes. "É o que eu disse: o Ciro nunca foi bom em planejar sua própria carreira política, mas às vezes faz análises muito acertadas. Só não sei se ele foi muito exato ao chamar o general de "jumento de carga", pois até agora não vi carga nenhuma", postou Olavo de Carvalho.

Em novo post, logo depois, Olavo voltou a ironizar Mourão: "Este mundo é mesmo injusto. O Mourão nem mandou um beijinho para o Ciro", numa clara referência ao beijinho que Mourão mandou para Olavo, quando o vice-presidente foi questionado sobre as críticas do escritor.

Post de Olavo de Carvalho no Facebook
Post de Olavo de Carvalho no Facebook

Fonte: Paulo Pincel

Próxima notícia

Dê sua opinião: