Bolsonaro admite baixar idade mínima de aposentadoria

Em mais uma demonstração de hesitação do atual governo, presidente anuncia que podem ocorrer outras mudanças, como no Benefício de Prestação Continuada (BPC)


Previdência Social

Previdência Social Foto: Divulgação

Em mais uma demonstração de hesitação do atual governo, Jair Bolsonaro declarou, nesta quinta-feira (28), que pode negociar alguns pontos da proposta de reforma da Previdência Social. Um deles é diminuir a idade mínima de aposentadoria para mulher, de 62 para 60 anos.

Além disso, podem acontecer mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda, e na pensão por morte.

“Eu acho que dá para cortar um pouco de gordura e chegar a um bom termo, o que não pode é continuar como está o déficit na Previdência”, afirmou.

Bolsonaro disse, ainda, que quer negociar com o Congresso Nacional a votação da reforma da Previdência sem o popular “toma lá, dá cá”, embora as evidências indiquem que essa prática deve comandar o processo.

Fonte: Revista Forum

Próxima notícia

Dê sua opinião: