Bolsonaro avisa que vai demitir o Ministro da Educação

"Está bastante claro que não está dando certo o ministro Vélez", avisou


Bolsonaro e Vélez Rodrígues, ministro da Educação

Bolsonaro e Vélez Rodrígues, ministro da Educação Foto: Valter Campanato

O presidente Jair Bolsonaro, em café com jornalistas, avisou que vai demitir o ministro da Educação,Ricardo Vélez na próxima semana. Se a saída do ministro for confirmada, ele será o segundo a ser exonerado por Bolsonaro desde a posse. Em fevereiro, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, foi o primeiro. 

— Está bastante claro que não está dando certo o ministro Vélez. Na segunda-feira, vamos tirar a aliança da mão direita, ou vai para a esquerda ou vai para a gaveta -  disse o presidente, acrescentando que a decisão já está tomada.

O ministério de Vélez enfrenta uma crise desde o início do governo, comuma série de demissões e de problemas administrativos .
Em meio à disputa de poder dentro do Ministério da Educação (MEC), pelo menos 16 pessoas do alto escalão já foram demitidas em menos de três meses de gestão. E essa crise emperra programas importantes da pasta, prejudicando o sistema educacional brasileiro.

Fonte: O Globo

Próxima notícia

Dê sua opinião: