Populares saquearam parte do dinheiro após explosões em bancos

De acordo com o Greco, os populares poderão responder judicialmente pelo furto


Cúpula da Segurança Pública

Cúpula da Segurança Pública Foto: SSP-PI

A cúpula da Segurança Pública apresentou, na manhã desta sexta-feira (10), os resultados da operação Neutralizados, cujo o objetivo é recuperar o dinheiro roubado das duas agências bancárias de Campo Maior e prender a quadrilha responsável pelo roubo. Durante a coletiva de imprensa, o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, informou que a quadrilha roubou R$ 229 mil e até o momento apenas R$ 94.120 foram recuperados.

Ainda de acordo com o secretário, parte do dinheiro foi saqueado pela população, outra foi destruída com a explosão e ainda há dinheiro com os dois assaltantes foragidos. Os assaltos aos bancos ocorreram simultaneamente no dia 30 de abril.

O delegado Tales Gomes, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), disse que os moradores que furtaram o dinheiro deverão responder judicialmente se forem identificados. Estima-se que entre R$ 30 mil e R$ 35 mil foram furtados do Banco do Brasil, mas não se sabe quanto foi levado pela população.

Presos

Na operação, nove integrantes do grupo foram presos e dois permanecem foragidos.

  1. Dyego Harmando Cardoso Rocha;
  2. Emerson Sousa da Silva;
  3. Hassan Rufino Borges Prado Aguiar;
  4. Vinicius Pereira da Silva Júnior;
  5. Josenverton dos Santos Sousa;
  6. Pedro Henrique Oliveira Moura;
  7. Delson Ferreira de Moura;
  8.  Demilson Ferrerira de Moura,

Mortos

  1. Lucas Oliveira Brito;
  2. Jean Gustavo Silva;
  3. Anderson de Freitas Brazão;
  4. Weverson de Oliveira Marçal;
  5. Thiago Luz Alves;
  6. Igor da Silva Lima;
  7. Maicon Humberto de Sousa Nascimento;
  8. Antônio Paulo de França;
  9. Raimundo Fertisberto Dias Neto.

Foragidos

Apenas dois integrantes do grupo seguem foragidos. Eles foram identificados como Marcelo Negão e Pedro. Marcelo Negão é piauiense e apontado como um dos líderes do grupo. O outro líder é Pedro da França, morto em confronto com a polícia em Barras. O foragido identificado apenas como Pedro é de Minas Gerais e está na região de Cocal segundo a Polícia. Os dois chefes da quadrilha são piauienses.

Lista de mortos em confronto com a polícia: 

Lista de mortos em confronto com a polícia

(Foto: Divulgação/SSP)

Integrantes da quadrilha que foram presos:

Integrantes da quadrilha que foram presos

Esquema

Lista de materiais apreendido com a quadrilha(Lista de material apreendido/Foto: SSP-PI)
Dinheiro apreendido com a quadrilha

Fonte: Com informações da SSP

Próxima notícia

Dê sua opinião: