Piauiense faz denúncia contra o médium João de Deus

João de Deus está preso desde o último domingo, ele é suspeito de praticar abusos sexuais durante tratamentos espirituais


João de Deus

João de Deus Foto: © Marcelo Camargo / Agência Brasil

O Ministério Público do Piauí confirmou que uma piauiense foi vítima do suposto abuso sexual praticado pelo médium João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, de 76 anos, em Abadiânia (GO). 

Os abusos estão sendo investigados pelo Ministério Público de Goiás. Ao todo 506 mensagens de denúncias contra o médium foram recebidas pelo MP de Goiás.  A maioria foram feitas através do endereço eletrônico denuncias@mpgo.mp.br. 

A mulher piauiense fez a denúncia diretamente em Goiás e o Ministério Público do Piauí deve acompanhar o caso por meio do Núcleo das Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid).  

Prisão 

João de Deus teve a prisão decretada na sexta-feira (14) a pedido da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO), que investigam os relatos de abuso sexual durante tratamentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola. No domingo, João de Deus se entregou à polícia em uma estrada de terra em Abadiânia. 

Fonte: MP

Próxima notícia

Dê sua opinião: