;

Genro de Mão Santa é alvo de operação do Gaeco

Luiz Nunes Neto é um dos suspeitos de grilagem de terras no litoral


Os policiais fizeram operação em Teresina, Parnaíba e Luís Correia

Os policiais fizeram operação em Teresina, Parnaíba e Luís Correia Foto: Reprodução/TV Clube

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) realiza duas operações policiais na manhã desta terça-feira (28), em Parnaíba, Luís Correia e Teresina, cumpre vários mandados de prisão e de busca e apreensão em endereços suspeitos de integrar uma organização criminosa especializada em grilagens de terras no litoral do Piauí.

A Operação Nulius, realizada pelo Gaeco, esteve no endereço de Luiz Nunes Neto, esposo da delegada Cassandra Moraes Souza e genro do prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis de Moraes Souza, o “Mão Santa”, um dos alvos das buscas. A polícia suspeita de que houve vazamento de informação e Luiz Neto tenha deixado o apartamento na zona Leste de Teresina ainda de madrugada para fugir do flagrante. Luiz é considerado foragido.

Em Luís Correia, as buscas foram na casa de um dono de cartório da cidade. O portão da residência foi arrebentado por volta das 5h de hoje para que os policiais pudessem entrar no local e cumprir o mandado judicial. 

Uma segunda operação, batizada de "Sal da Terra", cumpre mandados de prisão contra policiais militares que dão cobertura aos chefes da organização reponsável pela grilagem de terrenos no litoral do Piauí. A Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil do Piauí auxilia no cumprimento desses mandados.

Aguarde mais informações...

Fonte: Gaeco

Próxima notícia

Dê sua opinião: