Filho do dono do Bar 70 é executado em Luis Correia

Iranildes Rodrigues da Silva,  o “Luquinha”, foi executado com quatro tiros


O corpo de Luquinha (no detalhe) na calçada do restaurante

O corpo de Luquinha (no detalhe) na calçada do restaurante Foto: Reprodução/WhatsApp

O comerciante Iranildes Rodrigues da Silva,  o “Luquinha”, foi executado com quatro tiros - três atingiram a cabeça da vítima - na Rua Parnaíba, em frente ao self service do Bar 70", em frente Hotel Amarração,  na Praia de Atalaia, em Luis Correia.

Dois homens em uma motocicleta Yamaha Factor abordaram Luquinha e a irmã na entrada do restaurante. A vitima reagiu e foi baleado na calçada do estabelecimento.

"Luquinha" era filho do dono da barraca Bar 70, na orla da Praia de Atalaia. Ele saía do restaurante do Bar 70 com o apurado do fim de semana, quando foi abordado. A polícia investiga o assalto, mas há suspeita de execução, pelo três tiros disparados contra a cabeça da vítima.

Fonte: Polícia Civil do Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: