Secretário de Segurança confirma a prisão de cinco assaltantes

Cinco integrantes da quadrilha foram presos e outros seis foram mortos em confronto com a polícia


Hassan Prado

Hassan Prado Foto: Facebook e Divulgação da Polícia

O secretário estadual de Segurança, Fábio Abreu, confirmou no início da tarde deste domingo (5), a prisão de cinco suspeitos de integrar à quadrilha que explodiu duas agências bancárias no município no último dia 30 de abril.

Segundo o secretário, os suspeitos foram presos há três dias, mas as prisões só foram divulgadas hoje para não atrapalhar as investigações.

Um dos presos é Hassan Rufino Borges Prado Aguiar, filho do ex-comandante geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Francisco Prado. Hassan já era conhecido da polícia, não por ser filho do ex-comandante, mas pela acusação de participar de um homicídio em Nazária, a 50 km de Teresina. 

O coronel Prado, como era mais conhecido, foi considerado um dos melhores comandantes da PM do Piauí. Na época do "Pradão", bandidos fugiam do Piauí. Ele morreu em 2015, vítima de câncer e deixou três filhos, entre eles o Hassan.

Na manhã de hoje, seis integrantes de uma quadrilha de assalantantes foram mortos em confronto com a polícia na zona rural de Cocal, no Norte do Estado. Quatro mortos foram identificados. Todos são de Minas Gerais. 

Além de Hassan, os demais presos foram identificados como sendo Dyego Harmando Cardoso Rocha,  Emerson Souza Da Silva, Vinicius Pereira Da Silva Junior e Josenverton dos Santos Sousa. A polícia não divulgou o local onde eles estão detidos. 

Outros membros do grupo estão embrenhados nas matas entre as cidades de Barras e Batalha. A polícia continua na área.

Fonte: Com informações de Campo Maior em Foco

Próxima notícia

Dê sua opinião: