Advogada é morta dentro de casa; marido é suspeito

A OAB Paraná emitiu uma nota de pesar, através do Facebook, lamentando "profundamente mais este triste caso de feminicídio"


Angelina Silva Guerreiro Rodrigues, 42 anos, foi encontrada morta dentro de casa.

Angelina Silva Guerreiro Rodrigues, 42 anos, foi encontrada morta dentro de casa. Foto: Reprodução

Na manhã de segunda-feira (22), a advogada criminalista identificada como Angelina Silva Guerreiro Rodrigues, 42 anos, foi encontrada morta dentro de casa, em Curitiba. O marido é apontado como o principal suspeito pela morte dela, segundo informações preliminares da Polícia Civil.

Segundo informações do jornal 'Extra', o crime teria acontecido após uma discussão entre o casal que vivia na capital paranaense. Em seguida, o marido fugiu. A vítima teria sido morta a facadas.

A OAB Paraná emitiu uma nota de pesar, através de sua página do Facebook, lamentando "profundamente mais este triste caso de feminicídio" e manifestando "solidariedade à família, aos amigos e colegas de Angelina".

O homem ainda não foi localizado.

Fonte: Noticias ao minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: