PANDEMIA

Prefeitura suspende campanha eleitoral com aumento de casos da Covid-19

Decreto assinado pelo prefeito de Santo Antônio de Lisboa, Wellington Carlos Silva, entrou em vigar quarta-feira (14)


Prefeitura municipal de Santo Antônio de Lisboa (PI)

Prefeitura municipal de Santo Antônio de Lisboa (PI) Foto: Reprodução/Google Street View

Comícios, carreatas, caminhadas e eventos que ocasionem grandes aglomerações de pessoas estão suspensos no município de  Santo Antônio de Lisboa, situada a 354 quilômetros de Teresina. A proibição das atividades eleitorais foi decretada em ato assinado pelo prefeito Wellington Carlos Silva (PP), entrou em vigência na última quarta-feira (14) e valerá até o dia 31 de outubro, podendo ainda ser prorrogado por igual período.

O documento deixa claro o pedido de "redução de fluxo e permanência de pessoas dentro de comitês ou locais de reunião para ocupação de 2 metros por pessoa. Caso não seja possível o distanciamento mínimo exigido, utilizar barreiras físicas entre as estações de trabalho ou implementação temporária do rodízio de pessoas".

As medidas foram tomadas ao notar o crescimento de casos confirmados do novo coronavírus. Hoje o município conta com 13 casos e uma morte por Covid-19. Santo Antônio de Lisboa é a segunda cidade a suspender a campanha eleitoral no Piauí. 

A primeira foi Cristino Castro, onde dois dos três candidatos à prefeitura contraíram o  Sars-CoV-2, incluindo o prefeito Manoel Júnior (PSB), que tenta a reeleição; e a sua oposicionista, professora Joquebede (PTB). No município, dos candidatos apenas o petista Felipe Ferreira Dias não contraiu o novo vírus.

Próxima notícia

Dê sua opinião: