Prefeitura de Pio IX alerta população para o prazo final de vacinação contra a gripe

A coordenadora da Atenção Básica, da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Cadena, fala sobre a campanha de vacinação e faz um alerta


Vacinação

Vacinação Foto: Ascom

A Prefeitura de Pio IX, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, continua neste mês de maio com a campanha nacional de vacinação contra a gripe e convoca toda população para tomar a vacina. Os postos de saúde estão distribuindo doses da vacina trivalente até o dia 31 de maio para os grupos prioritários.

A coordenadora da Atenção Básica, da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Cadena, fala sobre a campanha de vacinação e faz um alerta importante para toda a população não perder o prazo de vacinação.

"Estamos desde o dia 15 de abril, com os postos de saúde abertos, aqui na cidade de Pio IX, de segunda-feira a sexta-feira, nos horários de 8h às 14h, com expediente corrido, até o dia 31 de maio. Também todas as UBS da zona Rural estão distribuindo as vacinas. Mas a cobertura ainda está muito baixa e estamos fazendo um apelo à população, principalmente o público prioritário e os professores, para que cuidem da sua saúde e aproveitem esse momento da vacinação contra a gripe", ressalta a coordenadora Juliana Cadena.

A coordenadora Juliana também esclarece a importância da vacina e tranquiliza sobre a segurança e proteção, não provocando reação de gripe nas pessoas. "Então, essa vacina não é capaz de provocar gripe em ninguém, inclusive as pessoas que têm a imunidade comprometida, como pacientes em tratamentos de câncer ou com HIV, também podem e devem tomar a vacina", explica.

De acordo com o Ministério da Saúde, em uma primeira fase, que seguiu até o dia 18 de abril, foram priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos incompletos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), por causa da maior vulnerabilidade do grupo. A partir de 22 de abril iniciou para todo o público-alvo da campanha com direito à vacina. Além do pessoal já mencionado, estão incluídos:

·       Trabalhadores da saúde

·       Povos indígenas

·       Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto)

·       Idosos

·       Professores de escolas públicas e privadas

·       Pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa

·       Jovens sob medidas socioeducativas

·       Funcionários do sistema prisional

·       Pessoas privadas de liberdade

·       Profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas)

Fonte: Ascom

Próxima notícia

Dê sua opinião: