OBRA

Agespisa inicia teste do sistema de esgotamento sanitário

Essa é a primeira etapa da obra em Pedro II e deve ser entregue na próxima semana


Estação de Tratamento de Esgoto de Pedro II

Estação de Tratamento de Esgoto de Pedro II Foto: Ascom

A Agespisa iniciou a fase de testes do sistema de esgotamento sanitário da cidade de Pedro II. Nessa quinta-feira (13), técnicos da empresa avaliaram o funcionamento da estação de tratamento de esgoto, da estação elevatória, redes coletoras e emissários.

A obra deve ser inaugurada pelo governador Wellington Dias na próxima semana, durante o 12º Festival de Inverno de Pedro II. Essa é a primeira etapa da obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário da cidade. O valor total do investimento é de R$ 5,1 milhões, com recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Governo do Piauí e da própria Agespisa.

Foram implantados 4.403 metros de rede coletora de esgoto, com 426 ligações domiciliares, além de estação elevatória e estação de tratamento (ETE). A ETE do sistema tem capacidade para tratar 40 litros por segundo. Quatro bairros estão sendo beneficiados: Santa Fé, Saborá, Campestre e parte do Centro.

O presidente da Agespisa, Genival Sales, destaca os benefícios para a população. "Com o esgotamento sanitário em Pedro II garantimos mais qualidade de vida para os moradores”, afirmou o presidente.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: