Justiça norte americana condena ex-advogado de Trump a 3 anos de prisão

Após a divulgação da existência dos áudios, Trump criticou o ex-advogado


Michael Cohen

Michael Cohen Foto: Business Insider

A Justiça dos Estados Unidos condenou Michael Cohen, ex-advogado do presidente Donald Trump, a 3 anos de prisão. Ele assumiu a culpa no escândalo envolvendo a compra do silêncio de duas mulheres que tiveram relações com Trump. Michael Cohen, de 52 anos, foi advogado de Trump e seu confidente durante anos. Depois, ele passou a aconselhar o presidente em negócios imobiliários e questões pessoais.

Em julho, foi divulgado que o FBI apreendeu gravações de conversas de Trump e Cohen durante uma busca aos escritórios do advogado. Em um áudio revelado pela CNN, os dois discutem o pagamento que fariam para comprar os direitos sobre a história de McDougal. Após a divulgação da existência dos áudios, Trump criticou o ex-advogado, dizendo ser inconcebível e "talvez ilegal" que um advogado grave o seu cliente.

Fonte: G1

Próxima notícia

Dê sua opinião: