Juan Guaidó denuncia que Maduro quer mover US$ 1,2 bilhão para o Uruguai

O Uruguai é um dos poucos países da América Latina que ainda reconhece Maduro como o presidente legítimo da Venezuela.


Juan Guaidó cogita anistia para Nicolás Maduro

Juan Guaidó cogita anistia para Nicolás Maduro Foto: Reprodução

O autoproclamado presidente da Venezuela Juan Guaidó afirmou neste segunda-feira (4) que o governo de Nicolás Maduro está tentando movimentar cerca de US$ 1,2 bilhão para o Uruguai. De acordo com a France Presse, Guaidó fez um apelo para que o Uruguai não compactue com este "roubo".

"Eles estão tentando mover do Bandes um dinheiro que está em uma das contas para o Uruguai. Pedimos ao Uruguai que não seja cúmplice deste roubo (...) podemos estar falando de entre 1 e 1,2 bilhão de dólares", afirmou Guaidó, referindo-se ao Banco de Desenvolvimento Econômico e Social, que possui filiais no Uruguai.

O Uruguai é um dos poucos países da América Latina que ainda reconhece Maduro como o presidente legítimo da Venezuela. Segundo Guaidó, a informação foi vazada por "altos funcionários" que decidiram se colocar "ao lado da Constituição".

"Este é outro exemplo do que estão fazendo, querendo roubar o ouro e mover fundos públicos", detalhou Guaidó. A denúncia ocorre a três dias de uma conferência em Montevidéu para buscar uma saída negociada para a crise, convocada por Uruguai e México e com participação de outros três governos latino-americanos e oito europeus.

Fonte: Notícias ao Minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: