Chefe de gabinete de Guaidó e deputado da oposição são detidos

Agentes do serviços secreto da Venezuela estão nas casas dos opositores ao regime de Nicolás Maduro


Juan Guaidó

Juan Guaidó Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Roberto Marrero, chefe de gabinete do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, e o deputado da oposição Sergio Vergara foram detidos por agentes do SEBIN, a serviço secreto da venezuela, em suas casas em Caracas, segundo a Reuters.

Os agentes entraram na casa dos dois funcionários da Assembléia Nacional, o parlamento venezuelano, por volta das 2 horas da manhã e começaram a fazer buscas nas residências. 

Através da sua conta no Twitter, Juan Guaidó denunciou as detenções. 

"Desde as 2h24 funcionários do SEBIN sitiaram as casas do deputado do Voluntad Popular e do meu chefe de gabinete, o advogado Roberto Marrero. Neste momento mantêm-nos sequestrados", escreveu Guaidó. 

#ALERTA Pueblo de Venezuela y Comunidad Internacional:Desde las 2:24 am funcionarios del SEBIN asedian las casas del Diputado y jefe de fracción de VP Sergio Vergara y el Jefe de mi Despacho, abogado Roberto Marrero.En estos momentos los mantienen secuestrados en el sitio.

— Juan Guaidó (@jguaido) March 21, 2019

Não há indicação de que as buscas já tenham sido encerradas. 

O Folha de São Paulo conta que Roberto Marrero e Sergio Vergara escoltaram Juan Guaidó, quando este chegou ao aeroporto depois de ter feito viajado por vários países da região. O jornal acrescenta ainda que outros deputado dirigiram-se para as residências de Marrero e Vergara para tentarem impedir que fossem detidos.

Fonte: Noticias ao minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: