Avião Embraer 190 cai em Durango no México com 101 pessoas a bordo

Um porta-voz da Defesa Civil de Durango disse não haver registro de mortos


Fumaça de avião modelo Embraer 190, da Aeroméxico

Fumaça de avião modelo Embraer 190, da Aeroméxico Foto: Reprodução/Francisco Javier Castrellon/via Reuters

Um avião da Aeroméxico caiu nesta terça-feira (31) nas imediações do Aeroporto Internacional Guadalupe Victoria, em Durango, no norte do México. De acordo com a companhia aérea, o acidente ocorreu por volta das 18h09, no horário de Brasília. Fontes locais disseram que a aeronave se acidentou cerca de cinco minutos depois do horário previsto para levantar voo.

Tanto o governador do estado quanto um representante da Defesa Civil informaram, cerca de uma hora depois do acidente, que não foram registradas mortes no local da queda. A secretaria de Saúde de Durango afirmou que 18 feridos foram atendidos no "Hospital General 450".

O voo que sofreu o acidente foi o AM2431, da subsidiária Aeroméxico Connect, com destino à Cidade do México. A viagem deveria levar cerca de uma hora e 20 minutos em um avião modelo Embraer 190 - fabricado no Brasil em 2008 - com capacidade para 100 passageiros.

A companhia aérea operava o avião desde 2014 com a matrícula XA-GAL. De acordo com sites de monitoramento aéreo, esse foi o quinto voo daquela aeronave nesta terça, todos de ou para a Cidade do México.

A administração do aeroporto informou, pelo Twitter, que o acidente ocorreu devido às condições meteorológicas em Durango. A avaliação ainda é preliminar, e a perícia ainda deve informar as causas.

O governador do estado de Durango, José Aispuro, disse, pelo Twitter, que solicitou equipes de segurança e de emergência para prestar atendimento no local do acidente. Em entrevista à imprensa local, Aispuro relacionou o acidente com uma tempestade que caía na região, corroborando com a versão apresentada pela administração do aeroporto.

O secretário de Comunicações e Transportes do México, Gerardo Ruiz Esparza, disse que o Embraer 190 transportava 97 passageiros e 4 tripulantes.

Assim como Aispuro afirmou em seu perfil no Twitter, outras autoridades locais apontaram que não foram verificadas mortes no local do acidente. À agência Reuters, um porta-voz da Defesa Civil de Durango disse não haver registro de mortos.

Fotos divulgadas nas redes sociais
Fotos divulgadas nas redes sociais do avião acidentado     [Foto: Reprodução/Twiter]

 

Fonte: G1

Próxima notícia

Dê sua opinião: