PANDEMIA

Sindhospi participa de reunião para definir estratégias de prevenção ao Covid-19

O presidente do Sindicato, Jefferson Campelo, defendeu pontos prioritários para o setor da saúde.


Coronavírus

Coronavírus Foto: Divulgação

Na manhã dessa quinta-feira (19), o Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisa e Análises Clínicas do Estado do Piauí (Sindhospi) participou de reunião com os Comitês Operacionais Emergenciais do município e do estado, com a presença do prefeito de Teresina, Firmino Filho, o governador do Piauí, Wellington Dias, dentre outras autoridades. O encontro teve como objetivo a discussão de estratégias para prevenção do novo coronavírus (Covid-19).

O presidente do Sindicato, Jefferson Campelo, defendeu pontos prioritários para o setor da saúde. Entre eles, a realização de campanhas de conscientização da população, redução de impostos, bem como a manutenção do cronograma de pagamento do IASPI e IPMT. "Recomendamos também o fechamento de todo o setor de serviços na área eletiva. A saúde está mantendo esta postura e o ideal é que todos os setores também nos sigam", afirma.

Após a reunião, o governador Wellington Dias decretou Estado de Calamidade Pública no Piauí, que permitem as autoridades a adotar medidas excepcionais necessárias para evitar a disseminação da Covid-19. Dessa forma, um Decreto de Suspensão também foi anunciado, restringindo o funcionamento de academias, bares, restaurantes, clínicas, shoppings, casas de espetáculo, clínicas de estética e saúde bucal, públicas e privadas (exceto urgência e emergência) e ainda destaca o controle das fronteiras estaduais, que será feito com o apoio de policiais militares, agentes federais e exército.

O documento seguiu para apreciação e votação dos parlamentares na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Fonte: Iconenoticia

Próxima notícia

Dê sua opinião: