SERVIÇO PÚBLICO

Secretarias realizaram mais de 1.500 reuniões através do Piauí Conectado

Ao todo, são 161 salas, onde acontecem em média 43 reuniões virtuais por dia.


Videoconferencia

Videoconferencia Foto: Divulgação

Há 60 dias, a primeira sala de reunião virtual com apoio da empresa Piauí Conectado acontecia no Piauí por conta da pandemia do coronavírus. Desde então, secretarias do Governo já realizaram 1.500 videoconferências por meio da tecnologia. Com a medida, os servidores podem trabalhar de casa, respeitando as recomendações de isolamento social.

O sistema usado é o Cisco Webex, plataforma de videoconferência de alta qualidade disponibilizada pela Piauí Conectado e pela Agência de Tecnologia da Informação do Estado (ATI) em parceria com a Cisco. Todas as secretarias do Governo e a Prefeitura de Teresina estão usando a tecnologia, garantindo videochamadas com seguridade de dados, além de qualidade de imagem e som.

São 161 salas de reunião, onde acontecem em média 43 videoconferências por dia. Quem já passou por uma dessas salas online foi o servidor Daniel Ferreira, coordenador da Escola Fazendária da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), que está seguindo o regime de teletrabalho. “Foi uma experiência muito positiva. A plataforma nos permite continuar trabalho com qualidade e sem deixar o serviço público parar”, comenta.

O governador Wellington Dias avalia positivamente o uso da tecnologia para garantir a segurança dos servidores, que não precisam sair de casa. “É algo extraordinário a comemoração de 1.500 reuniões virtuais. É a tecnologia contribuindo não apenas para a pandemia do coronavírus, mas garantindo que em todos os momentos importantes nós temos a Piauí Conectado fazendo uso da tecnologia com competência”, afirma.

Órgãos como a Junta Comercial do Estado do Piauí (Jucepi), a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SDE), o Instituto de Terras do Piauí (Interpi) e o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí utilizam a ferramenta, que pode ser acessada de qualquer dispositivo digital seja celular, tablet ou computador.

Para o diretor-presidente da Piauí Conectado, Emerson Silva, a continuidade do serviço público é essencial para a prestação de serviço à população. Ele explica que, atualmente, é o teletrabalho que garante a operação dos órgãos estaduais. “São encontros virtuais que dão celeridade ao serviço das secretarias, que não podem parar neste período tão delicado de pandemia”, ressalta.

Sobre a Piauí Conectado

A Piauí Conectado possui contrato na modalidade de Parceria Público-Privada (PPP) com o Estado do Piauí, através da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), com o projeto Piauí Conectado. Durante a pandemia do coronavírus, a empresa vem desenvolvendo diversas ações de combate à doença.

O objetivo do projeto Piauí Conectado é modernizar os serviços públicos e a comunicação do Estado, com intuito de elevar o nível de desenvolvimento tecnológico do Piauí com a oferta de soluções tecnológicas nas áreas prioritárias do governo: educação, segurança e saúde.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: