DENÚNCIA

Promotor da mulher é denunciado por violência doméstica

A ex-namorada do promotor o denunciou na Delegacia de Piripiri


Promotor de Justiça,  Francisco de Jesus Lima

Promotor de Justiça, Francisco de Jesus Lima Foto: Divulgação/MPE-PI

O promotor de justiça Francisco de Jesus Lima, que há 12 anos trabalha em defesa da mulher, foi denunciado pelo crime de violência doméstica. O juiz da 1ª vara da comarca de Piripiri, Antonio Oliveira, imputou a Francisco de Jesus Lima, medidas protetivas por crime de violência doméstica contra a ex-namorada. 

Francisco de Jesus é promotor do Núcleo das Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NUPEVID) e após a decisão judicial, o promotor pediu afastamento do cargo. A vítima é a ex-namorada de Francisco de Jesus, a assistente social Cristina Santos Freitas. Ela apresentou à Polícia Civil, na Delegacia de Piripiri, imagens e áudios sobre a suposta agressão verbal. 

O juiz com base no requerimento da Polícia Civil de Piripiri condenou o promotor a medidas protetivas como manter distância miníma de 500 metros da vítima, familiares e testemunhas. O magistrado entendeu que há indícios de violência psicológica praticada pelo promotor. 

O promotor Francisco de Jesus nega que agrediu a ex-namorada e que está à disposição da polícia e juiz para esclarecimentos. Ele disse ainda que pediu afastamento do cargo nessa segunda-feira (24).  O promotor acredita que a ex-namorada ficou insatisfeita com o fim da relação e porque ele está em um novo relacionamento. 

Francisco de Jesus falou ainda que está tranquilo, que não houve violência psicológica e que agora vai apresentar sua defesa. "Quando tomei conhecimento do fato, solicitei o afastamento do cargo até por questão de coerência. Vou aguardar a decisão do Corregedor para saber se atende ao meu pedido", disse o promotor.

Fonte: Redação Piauí Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: