CORONAVÍRUS

Piauí vai começar a fabricar respiradores de baixo custo desenvolvidos em Parnaíba

Os respiradores foram desenvolvidos por pesquisadores da UFDPar em parceria com a empresa Tron


Equipamentos para fabricação dos respiradores Air-TRON

Equipamentos para fabricação dos respiradores Air-TRON Foto: Divulgação

O governador Wellington Dias e o deputado estadual Fábio Novo anunciaram na noite desse sábado (16), a chegada de equipamentos para a fabricação dos respiradores Air-Tron, desenvolvidos por pesquisadores piauienses em Parnaíba, no litoral do estado. Os equipamentos vieram de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Santo Ângelo (RS).  O material chegou em um avião que desembarcou no Aeroporto Petrônio Portella, na zona Norte da capital.

A tecnologia foi desenvolvida pelo pesquisador Dr. em Física, Gildário Lima, sócio-fundador da startup de Robótica TRON, com apoio da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar)  e da Universidade Federal do Piauí ( UFPI). O ventilador pulmonar tem baixo custo quando comparado com os demais disponíveis no mercado. A montagem do equipamento também é mais rápida.

"Com os equipamentos adquiridos pelo Governo do Estado, a equipe vai fabricar e montar ventiladores mecânicos em menos tempo e por custo menor. No mercado um ventilador para ventilação da covid-19 custa em média R$ 50 mil. O equipamento piauiense com a mesma eficiência fica em torno de R$ 6 mil.O ventilador já foi atestado por fisioterapeutas do Crefito-14 e da Sociedade de Médicos Intensivistas. Todo o esforço dos cientistas piauienses está sendo acompanhado pela Anvisa e Coe/Sesapi", explicou o deputado Fábio Novo.


Próxima notícia

Dê sua opinião: