CALAMIDADE

Piauí decreta estado de emergência em 28 municípios do semiárido

As cidades serão atendidas com uma operação carro-pipa que começa ainda este mês.


Seca no Piauí

Seca no Piauí Foto: Francisco Gilásio

Alguns municípios do semiárido piauiense estão com os principais reservatórios d'água operando com índices abaixo de 30% de suas capacidades. A irregularidade na distribuição pluviométrica, sobretudo nessa região, causou uma situação que já está caracterizada como seca. Por conta disso, foi decretado estado de emergência em municípios dos Territórios da Serra da Capivara, Vale do Canindé, Vale do Sambito, Vale do Rio Guaribas e Vales dos Rios Piauí e Itaueira. 

Segundo o secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Magela, ainda este mês deve começar a operação carro-pipa para abastecer a zona urbana de 28 cidades desses territórios. Para a zona rural, o atendimento será realizado pelo Exército. “A operação começa ainda este mês e se estende por 180 dias ou até quando for necessário. A prioridade é atender a zona urbana de todas essas 28 cidades com água potável para consumo humano e animal. Se necessário, também serão entregues cestas básicas e forragem”, explicou o gestor. 

As cidades consideradas em estado de emergência são: Acauã, Alagoinha do Piauí, Alegrete do Piauí, Anísio de Abreu, Belém do Piauí, Betânia do Piauí, Bonfim do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Capitão Gervásio Oliveira, Fartura do Piauí, Francisco Macedo, Francisco Santos, Fronteiras, Guaribas, Jurema, Lagoa do Barro do Piauí, Massapê do Piauí, Monsenhor Hipólito, Morro Cabeça no Tempo, Padre Marcos, Queimada Nova, São Braz do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí, São Julião, São Lourenço do Piauí, São Raimundo Nonato e Várzea Branca. 

Fonte: CCOM Aline Medeiros

Próxima notícia

Dê sua opinião: