PROTESTO NACIONAL

Trabalhadores e estudantes voltam às ruas em defesa da Educação e da Previdência

Com o apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), haverá atos nas 27 capitais


Ato dos trabalhadores em Educação no centro de Teresina

Ato dos trabalhadores em Educação no centro de Teresina Foto: Sinte-PI

Nesta terça-feira (13), no contexto da Paralisação Nacional contra os desmontes na Educação Pública brasileira e em defesa do direito à aposentadoria e das garantias sociais, o Sinte-PI, com os estudantes, as Centrais sindicais e os demais movimentos sociais, encabeçará a grande manifestação que ocorrerá em Teresina, além de orientar manifestações com o mesmo direcionamento e sentido nos municípios vinculados aos 27 Núcleos Regionais do Sinte-PI. A concentração do Sinte-Pi com os estudantes será na Praça do Liceu, a partir das 8h. Seguindo depois para a o INSS.

Com o apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), haverá atos nas 27 capitais, além de cidades do interior. A Paralisação terá, entre outras pautas, os recentes cortes no orçamento do MEC promovidos pelo (des) governo Jair Bolsonaro. Universidades e Institutos Federais estão entre os mais afetados, mas a educação básica também está ameaçada. Um novo bloqueio no orçamento do MEC no valor de R$ 348 milhões, divulgado na quarta-feira (7), afetará a compra e a distribuição de centenas livros didáticos do ensino fundamental.

SERVIÇO:

Evento: Paralisação Nacional.

Pauta: Defesa da Educação Pública.

Local: Praça do Liceu

Horário: 8 horas

Fonte: Ascom-Sinte

Próxima notícia

Dê sua opinião: