PANDEMIA

No Piauí, 53% da população é a favor da volta das atividades não essenciais

Pesquisa foi realizada pela Ouvidoria-Geral e consolidada pela Controladoria Geral do Estado nesta semana


Supermercado

Supermercado Foto: Ascom

No Piauí, 615 pessoas de 1.147 que votaram em Consulta Pública, são favoráveis à reabertura das atividades essenciais, representando 53,62% dos votantes. Já 46,38% (532 pessoas) afirmaram ser desfavoráveis ao retorno das atividades não essenciais. A maior parte das contribuições (63,88%) vieram do segmento consumidor (pessoa física) e em segundo lugar do segmento Entidade de Classe ou Categoria Profissional (12,78%).

Os dados foram consolidados pela Controladoria-Geral do Estado, através da Ouvidoria-Geral, que realizou a pesquisa nesta semana.

Dos 695 consumidores que participaram da consulta, 366 votaram favoráveis ao retorno das atividades, enquanto 329 votaram desfavoráveis. Dos 139 representantes das entidades de classe ou categoria profissional, 74 votaram desfavoráveis e 65 foram favoráveis. Já as respostas do segmento Empresário ou Proprietário de Estabelecimento Empresarial (83 participações), 70 foram favoráveis, 13 desfavoráveis.

“Essa foi uma forma democrática e transparente que o Estado disponibilizou para que a população pudesse participar, dar seu ponto de vista, opinião e sugestão a respeito do protocolo, um documento muito importante que vai fazer parte do plano de retomada organizada e segura do Estado do Piauí às suas atividades não essenciais”, disse a Ouvidora-Geral do Estado, Soraya Castello Branco.

Fonte: Com informações da Ccom

Próxima notícia

Dê sua opinião: