Mulher confessa que matou grávida para roubar bebê; criança está viva

mulher mata grávida roubo criança


Gilmária Silva Patrocínio, presa suspeita de matar a grávida Patrícia Xavier da Silva, 21 anos, no interior de Minas Gerais, confessou na quarta-feira (1º) que cometeu o crime para roubar o bebê da gestante.

Patrícia estava no nono mês de gestação e desapareceu na semana passada, sendo encontrada morta nesta terça, com um corte na barriga, e sem o bebê. O recém-nascido também foi localizado e passa bem.

Gilmária começou negando ter qualquer envolvimento com o crime, mas acabou se contradizendo e confessou. Ela vai ajudar a polícia na reconstituição do crime.

O marido, que não teve a identidade revelada, também está preso preventivamente.

Patrícia estava desparecida depois de ir a uma consulta de rotina no Hospital Nossa Senhora das Dores, onde foi atendida normalmente e depois foi embora. Câmeras registraram a chegada e saída da grávida, sozinha. O marido de Patricia, pai do bebê, registrou o caso na polícia.

Na terça-feira o corpo da jovem foi encontrado amordaçado, tinha mãos e pés amarrados e um corte na barriga. Não havia sinais do bebê.

Perto do local havia um colchão e restos de comida. A polícia suspeita que talvez Patrícia tenha sido mantida em cativeiro por ali depois do desaparecimento.

Fonte: agencias

Próxima notícia

Dê sua opinião: