ESTADO

Mais de 1.500 pacientes ficam sem atendimento durante a paralisação dos médicos

Os médicos do estado irão paralisar as atividades durante quatro dias, contando a partir de amanhã (16)


Paralisação dos médicos suspende atendimentos em Teresina

Paralisação dos médicos suspende atendimentos em Teresina Foto: SIMEPI

Mais uma vez os médicos da rede estadual irão paralisar os atendimentos. A partir desta terça-feira (16) até a sexta-feira (19),  todos os atendimentos na rede estadual serão suspensos, exceto os casos de urgência e emergência. Desde maio deste ano, essa é a quarta vez que os médicos paralisam as atividades no estado.  Com os quatro dias de paralisação, mais de 1.500 consultas e exames devem ser suspensos.

O motivo é o mesmo! A categoria continua a revindicar por melhorias nas condições de trabalho, o que vem sendo negado segundo o Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (Simepi). Segundo o Sindicato, os médicos estão revoltados com a atitude do Estado e as denúncias estão sendo feitas ao Ministério Público do Piauí, onde o órgão já está com ações cíveis públicas contra a Secretaria Estadual de Saúde devido à falta de estrutura nos hospitais. 

A categoria também reivindica o cumprimento da carreira médica como a efetivação da progressão, realização de concurso público e aumento salarial baseado no piso Fenam, que é da categoria médica. 

Geralmente, nos dias de paralisação dos médicos, os hospitais costumam reagendar os procedimentos que seriam realizados nos pacientes.

Fonte: Simepi

Próxima notícia

Dê sua opinião: