Governo leva serviços de saúde, educação e cidadania à Serra do Inácio

Ação de cidadania vai beneficiar mais de 400 famílias da região.


Reunião de planejamento

Reunião de planejamento Foto: CCOM

O Governo do Estado realizará, no dia 27 de maio, um Dia D com diversas atividades na Serra do Inácio, divisa dos estados do Piauí e Pernambuco. A ação, que já é um desdobramento das visitas dos técnicos do governo à localidade, envolverá vários órgãos do Estado e objetiva servir de mobilização para a população local, no sentido de levar serviços básicos para então dar início a uma série de outras ações que visem à melhoria da qualidade de vida das famílias locais.

Serão levadas para a Serra do Inácio ações do governo estadual e federal como vacinação, aferição de pressão, exames de glicemia, expedição de documentos, oficinas e informações e orientações sobre higiene, direitos e benefícios. Entre os temas a serem trabalhados por meio de palestras estão gravidez na adolescência e consumo de álcool e outras drogas. Na oportunidade, os profissionais de cada órgão realizarão ainda um diagnóstico dos principais problemas encontrados nas comunidades e apresentarão outras ações que serão desenvolvidas pelos órgãos para benefício da região.

As definições das ações a serem priorizadas na região surgiram a partir das visitas dos técnicos do governo, coordenadas pela Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), que está elaborando um diagnóstico com dados socioeconômicos das cerca de 450 famílias da região da Serra do Inácio.  

A vice-governadora Regina Sousa ressalta a importância da ação. “Nós consideramos a comunidade como a mais vulnerável destas que são atingidas pelos grandes projetos que se instalam no Piauí. Então, estamos fazendo essa ação para dar uma animada nas pessoas, porque a gente percebeu que tem um pessoal que parece já não ter mais esperança. Então, a gente vai fazer essa ação para mostrar para eles que é possível mudar alguma coisa na vida deles”, diz Regina Sousa.

A vice-governadora destaca ainda que as ações a serem realizadas já fazem parte do que foi pactuado durante a Romaria da Terra. O Governo do Estado está elaborando um diagnóstico da situação de todas as comunidades atingidas por grandes empreendimentos, como é o caso das usinas eólicas, solares e da Transnordestina.  O diagnóstico será apresentado aos bispos do Piauí e Pernambuco no dia 28, em Betânia. A partir do diagnóstico, o governo dará encaminhamento às ações continuadas nas regiões.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: