Governador determina contratação de nova empresa para realização do concurso da PM


Governador  Wellington Dias

Governador Wellington Dias Foto: Paulo Pincel

O governador Wellington Dias determinou a contratação de uma nova empresa para a realização do concurso da Policia Militar do Piauí. A informação foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu. Após mais um concurso com indícios de fraudes, o governador não quer mais o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) à frente do concurso da PM.

As provas objetivas aplicadas no domingo (21) foram canceladas após a prisão de 12 pessoas suspeitas de envolvimento no vazamento de questões da prova de português. A decisão do governador foi comunicada ao reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Nouga Cardoso.

Fabio Abreu informou que vai tratar do assunto com o comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto Gomes, já que caso haja a contratação de uma nova empresa, precisa ser feito um novo processo licitatório, o que deve acontecer o mais rápido possível.

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) também investiga outros concursos promovidos pelo Nucepe como o do Corpo de Bombeiros, de agente Polícia de Civil e de agente penitenciário.

Fonte: Redação

Próxima notícia

Dê sua opinião: