INFARTO

Ex-ministro de Bolsonaro, Gustavo Bebianno, morre no RJ

Bebiano sofreu um infarto fulminante e chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu


O ex-ministro Gustavo Bebianno

O ex-ministro Gustavo Bebianno Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O ex-ministro de Jair Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio, Gustavo Bebianno, 56 anos, morreu na manhã deste sábado (14) em Teresópolis, Região Serrana do Rio, após um infarto. Segundo informações publicadas no UOL, Bebianno estava com o filho quando passou mal por volta das 4h e desmaiou. Em seguida ele foi levado a um hospital e morreu.

A morte do ex-ministro foi confirmada pelo amigo e presidente estadual do PSL, Paulo Marinho. "A cidade do Rio perdeu um candidato que iria enriquecer o debate eleitoral, e eu perdi um irmão", afirmou Marinho.

Ainda não há informações sobre o velório. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Marinho disse que Bebianno morreu de tristeza por tudo que passou nos últimos meses. De aliado a desafeto de Jair Bolsonaro, Bebianno foi o pivô da primeira crise política do governo. Atualmente no PSDB tinha planos de se candidatar à Prefeitura do Rio nas eleições desse ano.

Fonte: UOL

Próxima notícia

Dê sua opinião: