CORONAVIRUS

Evangelina Rosa adota medidas de prevenção ao Covid 19

Dentre as medidas, ficam suspensas temporariamente os procedimentos eletivos ambulatoriais e hospitalares do Instituto de Perinatalogia


Maternidade Dona Evangelina Rosa

Maternidade Dona Evangelina Rosa Foto: Divulgação

Preocupada em proteger pacientes e colaboradores, diante do surto da doença Covid-19,  causada pelo novo coronavirus,  declarado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como pandemia e seguindo decreto estadual nº 18884 de 16 de Março de 2020 que adota medidas em saúde pública e determinação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), a diretoria da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), maior do estado em referência em alta complexidade, tomou medidas preventivas, publicando portaria nessa terça-feira (17)

Dentre as medidas, ficam suspensas temporariamente  – por 15 dias – os procedimentos eletivos ambulatoriais e hospitalares do Instituto de Perinatalogia Social do Piauí (IPS), sendo mantidos os serviços de imunização (vacina) e as ultrassonografias. Ainda pensando no risco iminente de que a pandemia atinja o Piauí, a maternidade está estruturada para receber possíveis casos de gestantes, puérperas e bebês com  covid-19 que, por ventura, necessitem de cuidados médicos hospitalares e funcionará como retaguarda para casos suspeitos da doença.

Com as medidas emergenciais, os leitos do Centro de Parto Normal (CPN) serão retaguarda para casos suspeitos de parturientes com previsão de parto normal, a enfermaria 24 da ala “E” será retaguarda para puérperas. Em relação a visitas e acompanhantes, a determinação é de que as pacientes de UTI materna terão direito a um visitante por dia. As pacientes com acompanhante não terão direito a visitas.

No campo de ensino e pesquisa, estão mantidos o internato e as residências médicas e de enfermagem, no entanto, ficam suspensos outros estágios obrigatórios e visitas técnicas.

Os colaboradores da unidade hospitalar com sintomas respiratórios serão liberados, sem prejuízo, mediante atestado médico apresentado à chefia imediata do setor (supervisão/coordenação). Já o uso de máscara será necessário segundo as normas  da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). Está  vedado o uso de telefones celulares nas áreas críticas (centro cirúrgico, obstétrico, UTIs, Ucinco , Ucinca) e restrito nas outras áreas.

Para o diretor-geral da maternidade, Francisco Macêdo, as equipes da MDER estão preparadas e treinadas para o atendimento dos possíveis casos. “As medidas são excepcionais e visam à segurança de todos”, destaca o gestor.

Casos

Subiu para 291 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil, de acordo com as informações repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde até 18h10 dessa terça-feira (17). As capitais Rio de Janeiro e São Paulo já registram caso de transmissão comunitária, quando não é identificada a origem da contaminação. Com isso, o país entra em uma nova fase da estratégia brasileira, a de criar condições para diminuir os danos que o vírus pode causar à população por meio da prevenção.

Atualmente, são monitorados 8.819 casos suspeitos e outros 1.890 já foram descartados. Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, os dados na Plataforma Ivis, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação à situação epidemiológica.

Já no Piauí, ainda não há nenhum caso confirmado. Dos 26 estados brasileiros, Piauí está entre os oito ainda sem casos confirmados da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. E dos estados do Nordeste está entre os três, assim como Maranhão e Paraíba.

Veja também:

https://www.piauihoje.com/noticias/geral/reformas-trazem-melhorias-a-maternidade-evangelina-rosa-342654.html

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: