Estudantes se mobilizam contra a Educação de Bolsonaro

Em Teresina, os estudantes realizaram manifestações em vários pontos


Protesto dos estudantes em Teresina

Protesto dos estudantes em Teresina Foto: Adcesp

Estudantes da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI) e representantes de movimentos sindicais realizaram manifestações nas ruas de Teresina na manhã desta quarta-feira (15). Os alunos protestam contra o corte de 30% de verbas destinadas à educação anunciado pelo Governo Bolsonaro.

A concentração ocorreu em frente ao prédio do INSS em protesto contra a reforma da previdência. Em seguida, os manifestantes percorreram as ruas do Centro e pararam na frente dos Correios para protestar contra a privatização. O Palácio de Karnak foi outro ponto de parada dos manifestantes, que depois seguiram para a Avenida Frei Serafim.

Protesto dos estudantes em Teresina(Foto: Adcesp)

Além de carros de som, os estudantes usavam cartazes, faixas e bandeiras com palavras de ordem. O trânsito ficou parado por horas no Centro e o ato terminou por volta das 13h.

O movimento nacional  e protesta contra os anúncios feitos pelo Ministro da Educação,  Abraham Weintraub. O bloqueio dos repasses para as instituições federais de ensino já provocou o corte de 3,5 mil bolsas de mestrado e doutorado da Capes, principal agência do governo de incentivo à produção científica.  

Fonte: Alinny Maria

Próxima notícia

Dê sua opinião: