EDUCAR PIAUÍ

Eixos de investimento contemplam programas pedagógicos e infraestrutura escolar

Eixos de investimento contemplam programas pedagógicos e infraestrutura escolar


Educar Piaui

Educar Piaui Foto: Divulgação

Um dos maiores programas de investimento na área da educação entra em ação no estado. O Educar Piauí, iniciativa que prevê R$ 1,6 bilhão para a execução de obras, melhorias e fortalecimento das ações pedagógicas dá início ao plano de ação ainda nesse mês de julho.

O Educar Piauí será trabalhado com três eixos de investimento:

Eixo 1- Programas Pedagógicos, Programas de Fortalecimento e Valorização da Gestão Escolar e Programas de Formação dos Profissionais em Educação.

Eixo 2- Investimentos em construção, recuperação, modernização e atualização tecnológica e da infraestrutura da rede ensino.

Eixo 3-  Desenvolvimento de ações e apoio à Rede de Ensino.

A educação do Estado do Piauí terá grandes avanços através do Educar Piauí, os recursos terão aplicações em Programas Pedagógicos, que vão desde do Fortalecimento e Valorização da Gestão Escolar à Formação dos Profissionais em Educação

A diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc, Maria José Mendes, explica que o trabalho do eixo 1 será voltado para ações que possam elevar os índices educacionais, como proficiência dos estudantes, primando pelo aprendizado com qualidade e, ao mesmo tempo, intensificar estratégias que possam mitigar o abandono e evasão escolar.

"Teremos ações a curto, médio e longo prazo, que serão realizadas com as principais frentes de trabalho: planejamento pedagógico, formação, avaliação, currículo, Circuito de Gestão e acompanhamento pedagógico sistematizado através da equipe central da sede, das Gerências Regionais e escolas. Entendemos que através de um trabalho em rede, engrenado nas principais frentes de trabalho, elevaremos a aprendizagem das nossas crianças e jovens e, consequentemente, teremos uma sociedade desenvolvida", afirmou a diretora.

Uma das primeiras ações a serem realizadas dentro do eixo 1 de investimento será a realização da avaliação diagnóstica da rede, onde serão verificados juntos aos alunos as questões voltadas à aprendizagem.

"O objetivo é elevar o grau de proficiência dos alunos da rede pública em todos os níveis de ensino, corrigir o fluxo educacional e garantir a educação na idade certa. Assim reduziremos os índices de distorção idade-série, de evasão escolar e abandono e, por fim, ampliar a oferta de vagas na educação profissional e reduzir a incidência do analfabetismo ampliando a educação de jovens e adultos", afirma o secretário de estado da educação, Ellen Gera.

O Eixo 2 contempla investimentos em obras, melhorias, aquisição de equipamentos e construção de novas escolas. Inicialmente, 104 municípios serão beneficiados com 232 obras. Além de atualizar uma agenda de investimentos na área da educação, com a retomada destas obras serão gerados empregos diretos.

"Para conseguir implementar as ações deste patamar iremos investir na infraestrutura das nossas escolas, na tecnologia educacional, mobiliário, comunicação e, neste primeiro montante, serão autorizados cerca de R$ 92 milhões em investimento no Estado, gerando 2,500 empregos na economia local, resgatando os investimentos nos municípios", disse o secretário Ellen Gera.

O desenvolvimento de ações e apoio à rede de ensino é a base do terceiro eixo de investimentos do programa Educar Piauí, com foco para a expansão do Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar, manutenção geral da rede, reformulação do programa de autonomia e transparência da gestão escolar e atividades que garantam o funcionamento geral da rede de ensino no Piauí.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: