'Crateras' podem provocar acidentes graves na BR-343

O DNIT já foi informado, mas não tomou nenhuma providência


Os veículos são obrigados a desviar para não cair nos buracos na BR-343

Os veículos são obrigados a desviar para não cair nos buracos na BR-343 Foto: Paulo Pincel/Celular

A qualquer momento vai acontecer um acidente grave na Avenida Getúlio Vargas, que é coincidente com a rodovia BR-343, entre o Pavilhão de  Feiras e Eventos Governador Guilherme Melo e a rotatória de acesso ao bairro Morada Nova, na zona Sul de Teresina. Para desviar dos buracos no asfalto, os motoristas que trafegam no sentido do Tabuleta/Dirceu Arcoverde estão invadindo a pista contrária. O risco de colisão frontal é enorme.

Quando chove, muita água acumula no leito da rodovia, transformando as "crateras" em armadilhas para os motoristas que desconhecem a existência do problema e caem nos buracos, provocando estrago em pneus, amortecedores e suspensão dos veículos.

Os empregados de um posto de lavagem de veículos relatam que já testemunharam muitos carros invadindo totalmente a pista contrária, obrigando a quem vem no sentido contrário a desviar para não bater de frente. Eles contam que muitos acidente já aconteceram, inclusive a queda de motociclistas e ciclistas.

O DNIT já foi informado sobre o problema, mas até agora não tomou qualquer providência para soluciona-lo.

O veículo invade a pista contrária para não cair nos buracos
O veículo invade a pista contrária para não cair nos buracos   [Foto: Paulo Pincel/Celular]

Fonte: Paulo Pincel

Próxima notícia

Dê sua opinião: