COVID-19

Coronavírus: pessoas que chegam ao Piauí terão que ficar em isolamento por 7 dias

A medida faz parte do novo decreto do governador em decorrência ao grande número de pessoas que chegam ao estado


Governador Wellington Dias

Governador Wellington Dias Foto: Divulgação

Os piauienses estão cada vez mais preocupados com a quantidade de pessoas vindas da região Sudeste para o Piauí nos últimos dias.  O acesso ao Piauí está livre, porém monitorado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e Polícia Militar, que buscam reforçar as medidas de prevenção ao coronavírus. Em novo decreto divulgado no domingo (22), o governador Wellington Dias  (PT) determina que pessoas vindas de outros estados fiquem isoladas por pelo menos sete dias quando chegarem ao Piauí.

O texto é para complementar o decreto nº 18.901, de 19 de março de 2020, que já determina as medidas excepcionais voltadas para o enfrentamento da grave crise de saúde pública decorrente do Covid-19. O governador ressaltou que a ação das policiais ao parar os ônibus que vêm de outros estados e verificar se há algum passageiro com sintomas da doença é uma barreira de proteção, mas vai agora vai iniciar o isolamento social dessas pessoas durante sete dias, que é tempo para surgir os sintomas da Covid-19.

Ainda segundo Wellington Dias, se durante sete dias a pessoa não apresentar nenhum sintoma, ela será liberada. Se apresentar, será encaminhada ao hospital. A medida tem o objetivo de combater o coronavírus no Piauí. "Também fica determinado às pessoas que ingressarem no Estado por via rodoviária, aeroportuária ou marítima, a observância de quarentena mínima de sete dias".

Todas as medidas do decreto serão fiscalizadas pelos serviços de vigilância sanitária estadual e municipais e, se necessário, poderão requisitar apoio de forças policiais.

Próxima notícia

Dê sua opinião: