SAÚDE

Capacidade de atendimento deve pautar redistribuição dos recursos de saúde

Segundo o parlamentar, mesmo diante desses dados, o Hospital continua recebendo basicamente os mesmos recursos desde 2009 embora os atendimentos tenham triplicado


Audiência Pública

Audiência Pública Foto: Ascom

Em audiência pública na Câmara Municipal de Floriano, o deputado estadual Francisco Costa defendeu a repactuação dos recursos dos municípios para que o Hospital Regional Tibério Nunes possa dar maior resolutivdade à população.

"O Tibério Nunes avançou bastante com a implantação dos serviços de neurocirurgia, obstetrícia, cirurgias ortopédicas e, com isso, elevou em 77% os atendimentos realizados, chegando a mais de 15 mil por mês", disse o deputado.

Segundo o parlamentar, mesmo diante desses dados, o Hospital continua recebendo basicamente os mesmos recursos desde 2009 embora os atendimentos tenham triplicado, seja por conta do aumento da demanda e também pela implantação de novos serviços.

"Aqui, nós temos duas questões. A primeira delas seria conseguir novos recursos pelo Ministério da Saúde, mas depois da aprovação da PEC dos gastos que congelou por 20 anos os investimentos em saúde e educação, fica claro que a probabilidade disso acontecer é mínima. A outra e, a que vejo aqui como mais viável, é que os municipios da região repactuem os recursos já existentes e destinem para o Hospital de Floriano que é onde realmente tem se resolvido as demandas de média e alta complexidade", explicou Costa.

Além disso, o Regional aguarda o credenciamento de outros serviços para que assim possa receber mais um incremento financeiro pelo Ministério da Saúde.

Tendo a superlotação como um dos maiores problemas enfrentados, o deputado Francisco Costa lembrou ainda que a abertura da UPA deve resolver essa questão do Pronto Socorro do hospital, dando a este um papel de retaguarda para internações e cirurgias programadas.

Também participaram da audiência, o secretário estadual de Saúde, Florentino Neto; o deputado estadual Gustavo Neiva; presidente da Câmara Municipal Maurício Bezerra; o presidente da Comissão de Saúde da Câmara, David Oka e demais vereadores. Além do diretor do Hospital, Edmar Figueiredo e servidores.

Fonte: Ascom Dep. Francisco

Próxima notícia

Dê sua opinião: