PRECARIEDADE

Cadeirante sofre fratura após plataforma de Transporte Eficiente despencar

Wilson bateu forte com a cabeça e também fraturou um dos dedos da mão


Wilson ficou bastante machucado e terá que passar por uma cirurgia

Wilson ficou bastante machucado e terá que passar por uma cirurgia Foto: Reprodução/Facebook

O cadeirante Wilson Gomes, ficou ferido após sofrer um acidente quando utilizava o Transporte Eficiente (vans com rampas que fazem o transporte de cadeirantes em Teresina). Wilson Gomes é presidente da Associação dos Cadeirantes de Teresina (Ascamte) e conta que se deslocava ao Centro da capital quando a plataforma da cadeira de rodas despencou e ele caiu, batendo com a cabeça no chão e fraturando o cotovelo e um dedo da mão. As informações são do G1 PI..

O serviço de Transporte Eficiente é realizado pela Prefeitura de Teresina e funciona por meio de agendamento, atendendo pessoas com deficiência na capital. Ao G1, Wilson disse que nessa segunda-feira (10), às 16h, ele pegou o transporte em casa e foi ao Centro. Na Praça Rio Branco, quando foi descer, a rampa despencou e ele caiu. Wilson agora terá que fazer uma cirurgia e colocar platina no cotovelo

Como presidente da Associação dos Cadeirantes de Teresina, Wilosn já havia denunciado a situação ao Ministério Público, informando que os veículos estavam com a estrutura bastante precária.  "Já era previsto que algo assim ia acontecer. Eu já havia caído antes, há uns três ou quatro anos, mas foi menos grave. Dessa vez, eu achei que ia morrer, porque sangrei muito pelo nariz, me senti muito tonto, senti que ia desmaiar. Foi gravíssima essa situação", lamentou o cadeirante ao G1.

Wilson disse ainda que aguarda os resultados de uma tomografia, já que bateu fortemente com a cabeça. Segundo ele, os médicos estão preocupados porque seus olhos estão roxos e bastante inchados. Ainda não se sabe quando ele poderá realizar a cirurgia no braço. Em nota, a Superintendência de Trânsito informou apenas que lamenta o acidente e que vai apurar as causas do ocorrido.



Fonte: G1 PI

Próxima notícia

Dê sua opinião: