Piauiense é selecionado para mestrado no Japão

A seleção aconteceu por intermédio do Ministério de Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (MEXT)


Carlos Erlan

Carlos Erlan Foto: Divulgação

O engenheiro mecânico Carlos Erlan viaja no início de abril para o Japão onde fará mestrado na Universidade de Tecnologia na cidade de Toyohashi. Formando em Engenharia Mecânica pelo Instituto Federal do Piauí (IFPI), ele foi selecionado pelo governo do país para a pós-graduação.

A seleção aconteceu por intermédio do Ministério de Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (MEXT), que oferece bolsas de estudos para realização de pesquisas de mestrado e/ou doutorado, após aprovação no exame de admissão da universidade japonesa.

Carlos apresentou pesquisa de uma cadeira de rodas motorizada semiautônoma. o sistema de suspensão da cadeira deve ser articulado, capaz de permitir que ela se movimente em qualquer superfície.

“O diferencial dessa cadeira é que ela vai utilizar rodas unidirecionais que possibilitam que o veículo se movimente em diferentes direções, na diagonal ou em paralelo, por exemplo”, disse Carlos Erlan.

“Meu objetivo é voltar ao Brasil e encaminhar esse projeto para que ele seja patenteado e assim possa beneficiar as pessoas com deficiência”, complementa Carlos. Carlos terá aulas de língua japonesa nos seis primeiros meses do programa. Em outubro começam as disciplinas do Mestrado.

Em 2013, Carlos participou do programa Ciência sem Fronteira. Na época, ele morou em Tianjin, uma das cinco maiores cidades da China, e em Pequim, onde estudou mandarim e desenvolveu projetos na área de Robótica.

Fonte: IFPI

Próxima notícia

Dê sua opinião: