Enem 2017: Manual de Redação já pode ser acessado

As notas da redação podem variar de zero a mil


Enem 2017

Enem 2017 Foto: Enem 2017

Inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 já podem conferir o Manual de Redação. O documento foi liberado na noite desta segunda-feira, 16 de outubro, e agora conta com uma versão na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A cartilha do participante mostra aos candidatos todas as características que a redação do Enem deve ter, apresenta a metodologia de avaliação e explica as cinco competências que são levadas em conta na hora da correção.

As notas da redação podem variar de zero a mil. Na cartilha, são apresentados modelos e termos usados de forma errada em redações anteriores do Enem. Os motivos para zerar o texto aumentaram, nesta edição. São eles:

- fuga total ao tema;

- não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;

- extensão de até sete linhas;

- cópia integral de texto(s) motivador(es) da proposta de redação e/ou de textos motivadores apresentados no caderno de questões;

- impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação;

- parte deliberadamente desconectada do tema proposto;

- assinatura, nome, apelido ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante;

- texto integralmente em língua estrangeira;

- desrespeito aos direitos humanos; e

- folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.

Vale destacar que a correção é feita por dois professores; porém, caso haja divergência na opinião em relação ao texto e às competências, é convocado mais um corretor. 

Redações nota 1000

No Manual de Redação do Enem 2017 são apresentados exemplos de redações que atingiram a nota máxima por terem cumprido todas as exigêncidas estipuladas nas cinco competências. Veja aqui as redações nota 1000 do Enem 2016.

Comentários redação

O Brasil Escola, em parceria com o colégio e curso Oficina do Estudante, de Campinas (SP), realiza todos os anos a correção comentada da redação do Enem. Veja abaixo os temas abordados nos últimos três anos:

- 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil

- 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

- 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil 

A cartilha pode ser acessada no site do MEC ou no link: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/guia_participante/2017/manual_de_redacao_do_enem_2017.pdf 

Fonte: Brasil Escola

Próxima notícia

Dê sua opinião: