Doméstica e filha de 4 anos morrem queimadas em apartamento

Piauí Hoje


Um incêndio destruiu um apartamento em Ceilândia Norte(DF) na terça-feira (6). Os peritos da Polícia Civil estiveram no local na manhã ontem (7). Tiraram fotos e colheram dados que possam explicar o que provocou o incêndio. O fogo começou por volta das 16h. O dono do bar que fica embaixo do apartamento, conta que os três netos, a nora e o filho dele estavam dentro do prédio quando o incêndio começou.De acordo com os bombeiros, o fogo tomou conta da sala. Nos quartos havia muita fumaça e em todo apartamento a temperatura era alta. Quando a equipe de socorro chegou, Maria Aparecida de Oliveira estava desmaiada e com 85% do corpo queimado. A filha mais velha, Leidiane, também tinha queimaduras pelo corpo. As outras duas crianças estavam intoxicadas.Todos foram levados para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Mas Maria Aparecida, de 22 anos, não resistiu e morreu essa madrugada. A filha, de 9 anos, Leidiane também faleceu. Letícia Kelly, 2 anos, e Pedro Neto, de 7 meses, ainda estão internados. As vítimas são do município de São Raimundo Nonato, a 560 quilômetros ao Sul de Teresina. A Delegacia de Ceilândia investiga o caso. O pai das crianças, Washington Nascimento, não sofreu ferimentos. E o delegado quer ouvi-lo ainda hoje. "Após o socorro das vítimas, Washington Nascimento, simplesmente, desapareceu. Ele não compareceu à delegacia e não atendeu as solicitações. Isso chama atenção. Vamos fazer uma investigação criteriosa para esclarecer os fatos, se foi acidental ou provocado", afirma o delegado Adval Cardoso de Matos. O laudo do Corpo de Bombeiros fica pronto em um mês.

Fonte: Correio Brasiliense

Próxima notícia

Dê sua opinião: