MICROEMPRESÁRIO

Secretaria do Desenvolvimento Econômico debate políticas públicas para pequenos empresários no Piauí

O superintendente do Desenvolvimento Econômico, Landerson Carvalho, apresentou um panorama da situação dos pequenos empresários, especialmente, os da região Norte do Piauí


Evento

Evento Foto: CCOM

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) promoveu, nesta quinta-feira (13), uma reunião com várias instituições na Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi). Na oportunidade, foi debatida sobre a viabilização do Selo de Inspeção Municipal (SIM). A ideia é fomentar políticas públicas voltadas aos pequenos empreendedores e, dessa forma, mudar a experiência de compra e venda no Estado, alavancando a economia local. 

O superintendente do Desenvolvimento Econômico, Landerson Carvalho, apresentou um panorama da situação dos pequenos empresários, especialmente, os da região Norte do Piauí. Segundo ele, a implantação do selo SIM é um incentivo aos produtores saírem da clandestinidade, oferecendo alimento de qualidade e uma comercialização de produtos de forma segura. 

“É importante debatermos a implantação do selo SIM com as instituições envolvidas neste processo. A utilização do selo trará vantagens para a geração de renda entre agricultores familiares, pequenos produtores e empreendedores atuantes na produção e manipulação de alimentos, em geral, como a carne, verduras, frutas, leite, mel e derivados, por exemplo”, destaca o superintendente Landerson Carvalho. 

Os pequenos empresários e a população serão beneficiados por meio do selo SIM. A expectativa é que qualquer produtor atuante no trabalho com alimentos de origem animal, mesmo não sendo um agricultor familiar, solicite o registro. 

“Ficamos felizes com essa oportunidade de juntos conversarmos sobre formas de incentivo para melhorar a comercialização de produtos no Piauí. Sem o selo não podemos crescer, precisamos começar da base. O selo é uma forma de acompanhar todos os processos de manipulação e conservação dos alimentos, garantindo o direito do consumidor em adquirir alimento seguro e de qualidade”, explica a Danielle Azevedo, pesquisadora da Embrapa Meio Norte. 

O encontro contou com a presença da Embrapa Meio Norte, Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), Conselho Regional de Medicina Veterinária do Piauí (CRMV-PI), Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi), Secretaria do Planejamento do Piauí (Seplan) e a Associação Piauiense de Municípios (APPM).

Visita

A Superintendência do Desenvolvimento Econômico visitou, recentemente, as cidades de Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande, Piripiri e Pedro Segundo com o objetivo de conhecer a realidade de pequenos empresários e as atuais formas de comercialização de  produtos. Notou-se que é importante oferecer políticas públicas para que o dinheiro circule dentro da cidade e movimente a economia. “Vimos que o Selo Sim é uma oportunidade de facilitar a instalação e a legalização de pequenos produtores, dando espaço para a comercialização dentro da legalidade. Assim, teremos um consumidor fiel e tranquilo na hora da compra”, avalia o superintendente Landerson Carvalho.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: