;
TURISMO

Movimento Empreender do Piauí discute projeto que visa profissionalizar o turismo no Estado

Arthur Feitosa, presidente da MOVE, salienta que as regiões do Piauí têm grande potencial para atrair turistas


Cursos Movimento Empreender do Piauí (MOVE)

Cursos Movimento Empreender do Piauí (MOVE) Foto: Icone

O Movimento Empreender do Piauí (MOVE), com a proposta de viabilizar economicamente o desenvolvimento do turismo profissional, discute a elaboração de projeto turístico que visa abranger os próximos 30 anos. A ideia é contemplar e valorizar todas as potencialidades do Estado, ampliando e fortalecendo o mercado do turismo na região.

Arthur Feitosa, presidente da MOVE, salienta que as regiões do Piauí têm grande potencial para atrair turistas. “Nosso projeto é revitalizar o turismo de negócio. Teresina já foi uma capital conhecida nacionalmente pela realização de seminários na área de Engenharia, Medicina e Direito, por exemplo. Hoje não se faz mais porque não temos nosso Centro de Convenções”, explica.

Segundo Arthur, o projeto que o MOVE está desenvolvendo contempla a barragem do Rio do Parnaíba, criando um grande lago artificial para melhorar o clima da região, estimulando a indústria da construção civil ao redor do lago. “No lago podemos criar campeonatos locais, nacionais e internacionais náuticos, como canoagem, lancha rápida e outros”, esclarece.

Além da barragem do rio Parnaíba, vai ser criado uma lâmina d’água entre Floriano e Teresina, com o intuito de resgatar o projeto de maratona aquática Floriano x Teresina. O presidente Arthur esclarece que é um evento que pode atrair turistas locais, nacionais e até internacional para o Estado.

O projeto em desenvolvimento vai ser divulgado por meio de revista eletrônica com muita ilustração, sendo apresentado ao Governo do Estado, Sebrae e demais parceiros que podem trazer negócios para o Piauí. “Queremos o documento em mãos para apresentar nas férias e mandar para o mundo todo se pudermos. Nosso interesse é futuramente fazer uma feira de oportunidade de negócios. Esse documento é uma ação concreta do MOVE para mostrar para os empreendedores as oportunidades daqui”, destaca Arthur Feitosa. 

O MOVE tem técnicos renomados, qualificados na área, que ajudam a desenvolver o projeto. Além de Teresina e Parnaíba, a ideia é auxiliar no desenvolvimento do turismo em todo o Estado. Sete Cidades, Pedro II (com o Festival de Inverno), Castelo do Piauí, Amarantes e São Raimundo Nonato possuem muitas riquezas e que podem profissionalizar o turismo no Estado.

Fonte: Icone

Próxima notícia

Dê sua opinião: