TEATRO

Grupo de Luanda narra “A última viagem do príncipe perfeito” no FestLuso

O espetáculo é dirigido por José Mena Abrandes, uma sumidade no teatro da língua portuguesa


Grupo Elinda - A ultima viagem do Principe Perfeito

Grupo Elinda - A ultima viagem do Principe Perfeito Foto: Divulgação

Um dos grupos mais antigos de Angola, o Elinga Teatro Luanda,  traz pela primeira vez ao Piauí “A Última Viagem do Príncipe Perfeito" na programação do Festival de Teatro Lusófono (FestLuso 2019), que tem abertura oficial nesta segunda-feira (26), às 20h, no Theatro 4 de Setembro, tendo em seguida o espetáculo inaugural Paulo Freire: “O andarilho da Utopia”, com o Grupo Iff-Sina, do Rio de Janeiro. A peça  narra histórias de pessoas que viajam entre Lisboa e Luanda em 1975, a bordo do navio Príncipe Perfeito (apelido do rei D. João II de Portugal).

O espetáculo é dirigido por José Mena Abrandes, uma sumidade no teatro da língua portuguesa. Em Teresina, Mena Abrandes também lançará dois livros. O grupo, que tem no elenco Ana Clara Hibner, Cláudia Púcuta e Raul Rosário, se apresentará no Teatro 4 de Setembro, na próxima quinta-feira (29), às 20h30.

O FestLuso está na sua 11º ano e traz manifestações artísticas dos países de língua portuguesa, entre eles Portugal, Guiné-Bissau, Luanda, Moçambique e Angola, além de grupos teatrais do país, como Ícaro, do ator Luciano Mallmann, de Porto Alegre, que é tetraplégico, bastante prestigiado país afora; também Trindade, da companhia Só Homens Cia. de Dança, de Teresina, e Frango, de Brasília/Teresina, com o ator e produtor Zé Reis.

O grupo Elinda foi criado em 1988 e é voltado para o resgate e promoção da cultura a todos os níveis, incluindo um tratamento moderno dos seus valores tradicionais e para a difusão de um repertório teatral universal. A peça traz um evento de 1975, o navio ‘Príncipe Perfeito’, que realizou a sua última viagem de passageiros de Lisboa para Luanda. Na intimidade de cada um, começava a esboçar-se o fim agônico do império do rei D. João II de Portugal, cognominado o ‘Príncipe Perfeito’. As situações a bordo, a que aludem os quatro momentos dramáticos da peça são os pontos centrais. Algumas dessas figuras são um estudante que decide regressar convencido de que terá papel decisivo na revolução em curso em seu país, uma mulher que perde todas as ilusões e luta para reencontrar um lar, um clandestino de todas as viagens que fez na vida e um casal que descobre que os sentimentos nunca morrem.

Toda a programação do FestLuso está disponível no site oficial: www.festluso.com, Instagram e pagina do evento no Facebook. As apresentações teatrais e de dança, além da Balada Literária, que pela primeira vez se junta ao evento, bem como a inovação com a rodada de negócios e lançamentos de livros acontecem tanto no Theatro 4 de Setembro, no Teatro da Estação, Teatro João Paulo II, Clube dos Diários e Praça Pedro II. O evento tem patrocínio: O Boticário, Sistema de Incentivo Estadual à Cultura – SIEC, Secretaria de Estado de Cultura do Piauí – SECULT e Governo do Estado do Piauí. Apoio: Fundação Municipal de Cultura – FMC, Prefeitura Municipal de Teresina, Sebrae, Balada Literária 2019, Grupo Harém de Teatro e Navilouca Produções e Eventos.

Fonte: Aldeia Comunicação

Próxima notícia

Dê sua opinião: