GREVE

Motoristas e cobradores retomam greve de ônibus nesta quarta-feira em Teresina

Os trabalhadores reivindicam o pagamento do ticket alimentação e plano de saúde


Ônibus circular

Ônibus circular Foto: Alinny Maria/Piauí Hoje

Motoristas e cobradores retomam greve de ônibus nesta quarta-feira (28). O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Rodoviárias (Sintetro) confirmou a paralisação e explicou que os trabalhadores reivindicam o pagamento do ticket alimentação e plano de saúde, como foi determinado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no último dia 15 de outubro.

Segundo o presidente Sintetro, Ajuri Dias, o TRT estipulou o prazo de 10 dias úteis para que os empresários regulamentassem os direitos da categoria, mas a medida não foi acatada.

"Nós já tínhamos tomado a decisão. Chegamos ao acordo que se os empresários não cumprissem a determinação TRT, pagando os ticket e planos de saúde a categoria iria aderir novamente a greve dos ônibus no setor urbano de Teresina. Não entramos em acordo com o Setut e a greve terá início amanhã" afirmou.

Ainda de acordo com o presidente, a categoria irá cumprir com a frota de 70% dos ônibus circulando em horário de pico e 30% nos demais horários.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Teresina (Setut) informou que foi notificado sobre a greve e o caso está em análise na assessoria jurídica e autoridades trabalhistas.

A superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), confirmou que foram cadastrados 86 micro-ônibus para garantir o transporte público durante o período da greve.

(*) Rafaela Leal é estagiária sob supervisão do jornalista Luiz Brandão.

Próxima notícia

Dê sua opinião: