IMIGRANTES

Prefeitura vai remover crianças venezuelanas que estiverem pedindo esmolas

As crianças flagradas nesta situação serão removidas dos sinais e levadas para abrigos. Em caso de resistência, a Guarda Municipal irá intervir


Venezuelanos pedem esmola em Teresina

Venezuelanos pedem esmola em Teresina Foto: Paulo Pincel

A partir desta semana, a Secretaria de Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) vai começar a remoção de crianças venezuelanas dos sinais de trânsito de Teresina. Segundo o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Politicas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, os menores venezuelanos que forem flagrados pedindo esmolas com os pais nos semáforos, serão levados para abrigos. Ainda de acordo com o secretário, a Guarda Municipal de Teresina poderá intervir caso os pais não sigam a recomendação a partir de quinta-feira (27).

A Semcaspi ressalta que a exposição dos menores viola o Estatuto da Criança e do Adolescente e que tem orientado os refugiados venezuelanos pedirem dinheiro nos sinais, muito menos levando as crianças. Cerca de 230 venezuelanos estão vivendo em Teresina e segundo a Semcaspi, a prefeitura dispõe de abrigos e alimentação aos imigrantes. 

O secretário disse ainda que nenhum  venezuelano é impedido de sair dos abrigos, mas diz que se eles forem encontrados com crianças nos semáforos, serão levados de volta. "Faço um apelo para as pessoas que querem ajudar de alguma maneira que não deem esmola nos sinais”, disse Samuel Silveira.



Fonte: Semcaspi

Próxima notícia

Dê sua opinião: