DENÚNCIA

Funcionários da CTA denunciam demissão em massa e atraso no pagamento de salários e ticket

Segundo os funcionários, a empresa está demitindo os trabalhadores para contratar pessoas ligadas aos políticos


Trabalhadores da CTA realizam limpeza das ruas de Teresina

Trabalhadores da CTA realizam limpeza das ruas de Teresina Foto: Arquivo

Funcionários do Consórcio Teresina Ambiental (CTA), empresa que presta serviços de coleta de lixo e limpeza urbana para a Prefeitura de Teresina, procuraram o Piauíhoje.com nesta quinta-feira (14) para denunciar que a empresa está promovendo uma demissão em massa dos trabalhadores. Além disso, os trabalhadores estão há 45 dias sem receber o pagamento dos salários e o ticket refeição.

Um funcionário que pediu para não ser identificado por medo de perder o emprego, disse que trabalha na CTA desde 2017 e contou à reportagem do Piauíhoje.com que as demissões começaram no dia 01 de outubro e até o momento pelo menos 25 trabalhadores já foram demitidos. 

A empresa está demitindo os funcionários em massa  e colocando os funcionários de político. Também já está com 45 dias que eles nunca pagaram o salário, a rescisão e nem ticket de alimentação. Nós estamos desesperados porque a gente tem que pagar aluguel, cartão e eles só mandam a gente esperar em casa", disse o funcionário.

Outro lado

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), informou ao Piauíhoje.com  que não tem nenhuma informação sobre essa denúncia porque a Semduh não tem gerência sobre as contratações das terceirizadas.

O Piauíhoje.com tentou contato com a CTA, mas ninguém foi localizado para falar sobre as denúncias. O espaço está aberto para quaisquer esclarecimento. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: