INTERNET

Concessionária de saneamento apresenta novo site aos usuários

A novidade é que a plataforma permite o pagamento da fatura de água com o código de barras


Novo site

Novo site Foto: Ascom

Uma plataforma de fácil navegação. É assim o novo site da Águas de Teresina, que mantém a mesma proposta de relacionamento com os usuários, mas apresenta um design moderno e dinâmico, permitindo uma consulta mais rápida e intuitiva. Com apenas um clique, o cliente pode solicitar segunda via, ativar o débito automático e acompanhar o seu histórico de consumo.

A novidade é que a plataforma permite o pagamento da fatura de água com o código de barras. “O novo serviço está disponível na página principal do site. Ao clicar, o cliente é redirecionado para o Serviços Online. Após efetuar cadastro e login, o usuário pode pagar a conta, além de solicitar religação, notificar falta de água, informar vazamentos, entre outros”, esclarece o gerente comercial da Águas de Teresina, Victor Romani.

De forma transparente, o site disponibiliza o histórico de tarifas e os serviços complementares realizados pela empresa. Com rápido acesso, o usuário ainda pode conferir a atuação social da concessionária e entrar em contato com a Ouvidoria, que funciona em segunda instância, agindo como um elo de aproximação e entendimento entre a empresa e os usuários.

“Nossa intenção é promover cada vez mais comodidade e bem-estar ao usuário. Então melhoramos ainda mais nossos canais e reunimos todos os serviços num único espaço para que cliente tenha fácil acesso ao solicitar atendimento e conferir nossas ações”, explica Victor Romani.

Confira o endereço do site: www.aguasdeteresina.com.br. Para que os serviços estejam na palma da mão dos usuários, a concessionária também dispõe do aplicativo Águas App, acessível nas plataformas Android e IOS e pode ser baixado gratuitamente no Google Play e no APP Store. Por meio dele, é possível solicitar segunda via da fatura, faturas por e-mail e certidão negativa. Além disso, o cliente pode informar ainda sobre vazamentos, acessar o cronograma de leitura e denunciar

Fonte: Ascom Aguas de Teresina

Próxima notícia

Dê sua opinião: