ESTÁGIO

Ambev abre programa para recrutar mais de 80 estagiários negros

O programa de estágio Representa, focado na inclusão de universitários negros, vai acontecer em todas as regiões do Brasil


Estágio para negros

Estágio para negros Foto: Mundo Negro

A Ambev acaba de anunciar a segunda edição do Representa, seu programa de estágio focado em atrair e desenvolver universitários negros. Com inscrições a partir do dia 20 de julho, serão mais de 80 vagas espalhadas pelas operações da companhia na área de vendas, nas cervejarias e no centro de serviços compartilhados (CSC).

O processo de seleção do Representa é focado nas histórias de vida dos candidatos e, por isso, não exige conhecimento técnico prévio para nenhuma das áreas e nem experiência profissional anterior. Conhecimento e fluência em língua inglesa também não são exigidos e todos os cursos de bacharelado e licenciatura são aceitos.

Os candidatos que entrarem no programa vão contar com curso de inglês custeado pela companhia e programa de mentoria com líderes da empresa para desenvolvimento de trilha de carreira, além de bolsa auxílio, salário extra no primeiro mês de trabalho, vale refeição ou alimentação e vale transporte. 

Criado em 2019 como um piloto, quando 10 estagiários e estagiárias foram contratados para trabalharem na sede da Ambev em São Paulo, o Representa nasceu para ampliar a representatividade de pessoas negras nos processos seletivos e nas contratações, um problema estrutural que perdura no Brasil e que a Ambev reconhece que precisa melhorar.

"Sabemos que ainda temos um longo caminho pela frente quando falamos da inclusão da diversidade étnica e racial na companhia, por isso, assumimos o compromisso de encontrar meios de acelerar essa mudança tão necessária, e um dos caminhos foi a criação e agora a expansão do Representa. Queremos não só ampliar a diversidade dos nossos estagiários, mas também desenvolvê-los para que se tornem nossos trainees e futuros líderes da companhia", afirma Renato Biava, diretor de Gente e Gestão da Cervejaria Ambev.

As oportunidades estão nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Jaguariúna (SP), Jacareí (SP), Rio de Janeiro (RJ), Campo Grande (RJ), Contagem (MG), Sete Alagoas (MG), Curitiba (PR), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Anápolis (GO), Manaus (AM), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Salvador (BA), Camaçari (BA) e Aquiraz (CE) e as inscrições poderão ser feitas até o dia 14 de agosto pelo link.

Além do Representa, a companhia também conta com o programa de estágio regular, que tem previsão de acontecer ainda este ano e aceita inscrições universitários de todos os perfis.

Ambev e o compromisso racial

A Ambev reconheceu que ainda há muito a evoluir quando o assunto é representatividade étnica e racial na companhia e que o que foi feito até agora ainda não é suficiente. Por isso, a Ambev está sempre em busca de meios de acelerar essa mudança tão importante, necessária e urgente.

A mais recente iniciativa da companhia nesse caminho foi o compromisso assinado em direção à equidade racial na companhia, comprometendo-se a (1) ampliar a representatividade de pessoas negras em processos seletivos e contratações, bem como em promoções, capacitando profissionais com potencial, (2) promover conscientização de pauta de diversidade e inclusão, em todas as unidades, (3) fomentar o tema no ecossistema, influenciando fornecedores, clientes e parceiros a colocar em prática iniciativas em relação ao assunto e (4) criar de um comitê com profissionais negros referência no mercado e lideranças da Ambev para estabelecer objetivos, investimento, indicadores e prazos para cada uma das frentes até o meio de 2020.

Além disso, a companhia fundou o BOCK (Building Opportunities for Colleagues of all Kinds), um grupo de funcionários que promovem discussões de questões étnico-raciais internamente e que tem ampliado suas ações desde a sua criação em 2017.

A Ambev abriu hoje as inscrições para o programa de estágio exclusivo para universitários negros. O programa de estágio Representa, focado na inclusão de universitários negros, vai acontecer em todas as regiões do Brasil com vagas para a área de vendas, cervejarias e centro de serviços compartilhados (CSC. Com mais de 80 vagas por todo país, o processo de seleção do Representa é focado nas histórias de vida dos candidatos e, por isso, não exige conhecimento técnico prévio para nenhuma das áreas e nem experiência profissional anterior. Conhecimento e fluência em língua inglesa também não são exigidos e todos os cursos de bacharelado e licenciatura são aceitos.

Criado em 2019 como um piloto, quando 10 estagiários e estagiárias foram contratados para trabalharem na sede da Ambev em São Paulo, o Representa nasceu para ampliar a representatividade de pessoas negras nos processos seletivos e nas contratações, um problema estrutural que perdura no Brasil e que a Ambev reconhece que precisa melhorar.

Fonte: Ascom AMBEV

Próxima notícia

Dê sua opinião: