;

Destinos ainda pouco conhecidos na icônica região Inca, no Peru,


Mirador del Condor

Mirador del Condor Foto: Divulgação

Com o objetivo de promover destinos ainda pouco conhecidos na icônica região Inca, no Peru, a PROMPERÚ (Comissão de Promoção do Peru para a Exportação e o Turismo) lançou a campanha #CuscoLovers, estratégia digital que apresenta quatro atrativos que todo turista deve conhecer. A campanha considera a promoção e disseminação das seguintes novas rotas turísticas: Mirante de Condores de Chonta; Ponte Q’eswachaka; Palccoyo, Montanha Arco-Íris; e os Três Cânions de Suykutambo.

A campanha, destinada ao turista interno (mas também perfeita para o turismo receptivo internacional), é recomendada para brasileiros que gostam de aventura, desde que recorram à contratação de serviços formais através de agencias de viagens e operadoras de turismo, pois são destinos ainda com pouco fluxo turístico.

A #CuscoLovers conta com quatro vídeos promocionais, cada um relacionado à uma das rotas, tem a participação de conhecidos influenciadores digitais peruanos, e em breve terá um concurso para convidar o público a conhecer e se interessar mais pelos destinos. Através de um site criado especialmente para a campanha (www.ytuqueplanes.com/cusco-lovers), o público pode acessar todas as informações dessas novas rotas, bem como ofertas de viagens.

As quatro rotas #CuscoLovers

Mirante de Condores de Chonta é um dos destinos mais novos que a região de Cusco oferece. Durante a visita, o turista poderá apreciar montanhas cobertas de neve como o Humantay e o Salkantay, campos de frutas e o voo do Condor Andino a partir de um mirante.

Além disso, é possível apreciar impressionantes vestígios arqueológicos, como Raqchi e Maukallaqta durante o percurso até os Três Cânions de Suykutambo, que tem uma geografia impressionante, com três becos perfeitos e enormes penhascos de terra vulcânica, bem como quatro lagoas que são habitat de aves como a Parihuana.

Por outro lado, Q'eswachaka é uma ponte suspensa de fibra vegetal (ichu), localizada sobre o rio Apurímac, no distrito de Quehue. Sua renovação anual, realizada em junho, é um rito ancestral que foi declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco.

Palccoyo, também conhecida como a Montanha Arco-Íris, cobre uma área natural de mais de 9.000 hectares, onde é possível contemplar montanhas que se assemelham ao arco-íris, vales vermelhos, marrons e outras tonalidades, além de um bosque de pedras.

A promoção das rotas acima mencionadas decorre do trabalho articulado entre a PROMPERÚ e atores regionais, como o Departamento de Comércio Exterior e Turismo (DIRCETUR) Cusco, a Associação de Operadores de Turismo, Aventura e Ecologia de Cusco (AOTEC) e a Organização de Gestão de Destino (OGD) Cusco, com o objetivo de promover novas opções com amplo potencial e que vinham sendo pouco ofertadas.

A #CuscoLovers faz parte da campanha #LoBuenoDeViajar, voltada para o turista peruano que busca impulsionar as visitas ao interior do país, diversificar a oferta turística da região Inca e aproximar o público, principalmente de Lima, para destinos não convencionais.

Sobre destinos turísticos do Peru: http://www.peru.travel/pt-br/

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Francisco Correia

Francisco Correia

Francisco Correia, Turismólogo(AESPI) Especialista em Geografia e Meio Ambiente(UFPI), Coordenador de Estágios e Egressos da Aespi/Fapi (www.aespi.br). contato: Email:correia.fm@gmail.com Whatsapp: (86) 9 9996.8772

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

Diante dos últimos acontecimentos, qual Poder está em mais descrédito?

ver resultado